Acidentes com vaso de pressão e caldeiras não são poucas as vezes que vemos no noticiário informações sobre empregados mortos ou feridos gravemente por explosões desses equipamentos em fábricas ou indústrias químicas e petroquímicas. A razão disso é muito simples: vasos de pressão e caldeiras são equipamentos que precisam de constante manutenção e acompanhamento para oferecer alguma segurança aos seus operadores.

 

O trabalho com cadeiras e com vasos de pressão deve ser feito sempre com muita atenção e com o máximo de segurança para evitar qualquer tipo de acidente ou incidentes, já que esses acontecem de forma imprevista e podem gerar efeitos desastrosos. Assim, é obrigatório que toda e qualquer empresa que se utilize desses equipamentos tenha sempre treinamentos para seus empregados, seguindo as normas que regem o seu manuseio, criando os procedimentos necessários para a segurança das operações.

 

Quando são tomadas todas as medidas de segurança e de manutenção (preventiva e preditiva), as caldeiras e os vasos de pressão são equipamentos seguros. Para que continuem sempre assim é necessário que os operadores tenham os requisitos técnicos para sua operação e conheça todas as regras relativas à instalação, manutenção e à operação dos equipamentos.

 

Além de evitar acidentes, que podem ser fatais, seguir as regras e normas estabelecidas também evita que a empresa arque com multas onerosas ou até mesmo o embargo dos equipamentos.

 

Porque caldeiras e vasos de pressão são perigosos?

 

As caldeiras são todo e qualquer equipamento utilizado para gerir e acumular vapor d’água ou outro fluído, mantidos sempre sob pressão, acima da pressão atmosférica reinante. Os diversos modelos de caldeiras exigem que seus operadores tenham conhecimento para a inspeção e para a manutenção, devendo a área de segurança do trabalho considerar como prioridade os cuidados com esse tipo de equipamento.

 

Os vapores e fluídos das caldeiras normalmente são reservados em vasos de pressão, também com pressão interna e externa acima da pressão atmosférica normal. Entre os vasos de pressão podemos encontrar desde uma simples panela de cozinha até mesmo os mais sofisticados reatores nucleares, sendo, portanto, equipamentos que também exigem os cuidados necessários para seu manuseio e funcionamento.

 

Para manter o funcionamento de caldeiras e vasos de pressão com segurança, o correto é capacitar os operadores para trabalhar com esse tipo de equipamento, considerando que também o ambiente deve ser adequado para comportá-los. Para isso, a área de segurança do trabalho deve realizar constantes treinamentos, informando e alertando sobre os riscos, além de acompanhar a utilização dos corretos equipamentos de proteção individual quando os operadores estão mexendo com as caldeiras e vasos de pressão.

 

Caso a empresa não comporte, pelo seu número de empregados, a contratação de um técnico ou de um engenheiro de segurança do trabalho, é necessário que os responsáveis pelo PPRA e PCMSO (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional) também se responsabilizem pelo treinamento dos empregados.

 

Como considerar seguros os vasos de pressão e caldeiras?

 

A falta de qualquer um dos itens abaixo é considerado um grave risco à utilização das caldeiras e vasos de pressão:

 

 

 

Mesmo quando ajustadas para abertura dentro do PMTA, as válvulas de segurança instaladas precisam ser adequadamente projetadas e instaladas. Além disso é preciso que haja uma constante inspeção e manutenção das mesmas, uma vez que, se as normas não forem atendidas, a válvula de segurança poderá ser consideradas inexistente.

 

Os códigos e normas técnicas previstos para as válvulas de segurança também devem atender à quantidade necessária dentro de cada modalidade de caldeira, assim como o seu local de instalação.

 

A válvula de segurança deve ter um acréscimo de pressão sempre no máximo recomendado dentro do código de projeto do equipamento, devendo ser corretamente especificado, instalado e mantido, evitando assim que ocorram acidentes que, muitas vezes, mostram-se fatais.

 

Precisa regularizar seus vasos de pressão ou caldeira em Belo Horizonte ou Minas Gerais?

Entre em contato com a RW Engenharia!

* visita sem custo para a região metropolitana de BH

 

 

ENG. FELIPE WAGNER

apresentação para todo artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.