Aterramento residencial para a maioria dos engenheiros, técnicos e eletricistas é um assunto simples e pouca atenção é dada a ele, mas na verdade é algo necessário e importante.  Aproximadamente trinta anos atrás, quando os computadores eram lançados, havia muitas abordagens para a ligação a terra, particularmente para produtos eletrônicos. 

 

Em um circuito elétrico, um “fio terra” adicional pode ser conectado a tomadas e outros dispositivos elétricos e também ligado à terra na caixa do disjuntor. Este fio terra é um caminho adicional para a corrente elétrica retornar com segurança para o chão. Se ocorreu um curto-circuito, a corrente fluiria através do fio terra, causando um fusível queimado ou disjuntor aberto – um resultado muito mais preferível do que o choque que pode resultar em um acidente.

 

 

Você quer aprender mais sobre aterramento? Veja os principais tópicos desse artigo  e aproveite ao máximo:

 

Aterramento Residencial Elétrico – Principais Subtítulos do artigo:

 

O que é aterramento residencial elétrico?
Tomada de terra e ligação a terra
Algumas dicas para um correto aterramento residencial:
A importância do aterramento

 

O que é aterramento residencial elétrico?

 
aterramento residencial

 

Aterramento residencial elétrico é uma medida de segurança usada para ajudar a impedir que as pessoas acidentalmente entrem em contato com riscos elétricos.

 

Pense em um equipamento elétrico como a sua geladeira que é uma caixa de metal que possui pés de borracha com eletricidade correndo dentro e fora dele, você usa ímãs para pendurar recados na parte externa. A eletricidade correndo da tomada e através do cabo de alimentação para os componentes elétrico dentro do aparelho são eletricamente isolados do exterior metal ou chassis do frigorífico.

 

Se por algum motivo à eletricidade entrar em contato com o chassi, os pés de borracha impediria a eletricidade de ir para o solo, essa estaria a “espera” de alguém tocar na geladeira para conduzir essa eletricidade para o solo.

 

Aterramento é usado para proteger as pessoas desse tipo de risco. Ao conectar um fio terra a partir da estrutura de metal da geladeira, a eletricidade indesejada vai seguir através do fio de volta ao seu painel elétrico, e disparo do disjuntor parar o fluxo de eletricidade. Além disso, o fio deve ser conectado a algo que por sua vez é ligado à terra.Tipicamente, esta ligação é uma haste de ligação à terra.

 

Tomada de terra e ligação a terra

 

aterramento baixa tensão

 

O processo de conectar eletricamente para a própria terra é frequentemente chamado “terra”, em especial na Europa, onde o termo “terra” é usado para descrever a fiação acima do solo. 

Enquanto aterramento residencial elétrico pode ter sido inicialmente considerado apenas como uma medida de segurança, com os avanços de hoje em eletrônica e tecnologia, aterramento elétrico tornou-se uma parte essencial do sistema de fornecimento de energia elétrica. Computadores, televisores, fornos de microondas, lâmpadas fluorescentes e muitos outros dispositivos elétricos, podem ser danificados caso não possuam aterramento correto. O aterramento adequado não só pode remover os risco,  mas pode até mesmo fazer dispositivos de proteção contra surtos funcionar melhor.

 

Algumas dicas para um correto aterramento residencial:

 

-Não faça sistemas de aterramento isolados, você deve unir todos os seus sistemas de aterramento em um sistema interligado.

– Não utilizar materiais de melhoramento do solo, com exceção argila bentonítica com um sistema de fornecimento de umidade para evitar a argila de secagem; .

– Você não deve usar tubulação de água, aço para construção, vergalhões de aço na fundação do edifício, tubos de gás, como um eletrodo de aterramento. Você deve ter um sistema de eletrodo de cobre de aterramento dedicado que é projetado para lidar com as falhas prováveis

– Você não deve esquecer de equalizar a tubulação de água, aço para construção, vergalhões de aço na fundação do edifício, tubos de gás, hidrantes no mesmo potencial elétrico. 

– Inspecionar, manter e organizar reparos de fios.

– Fale com o uma empresa de engenharia

– Faça medição de aterramento dos equipamentos

– Siga a norma da ABNT 15749  

 

 

 

A importância do aterramento

aterramento importancia

 

A seguir está algumas das principais razões pelas quais o aterramento é tão importante.

 

Proteção contra sobrecarga elétrica

Uma das razões mais importantes para a ligação à terra é que ela protege os seus aparelhos, a sua casa e todos nele de picos de eletricidade. 

 

Estabiliza níveis de tensão

Um sistema elétrico  aterrado também torna mais fácil equalizar a energia para ser distribuída a todos os lugares certos, podendo desempenhar um grande papel em garantir que os circuitos não fiquem sobrecarregadas. A terra fornece um ponto de referência comum para as muitas fontes de tensão em um sistema elétrico. 

 

Terra é o melhor condutor

Uma das razões pelas quais o aterramento ajuda a mantê-lo seguro é porque a terra é um grande condutor  e o excesso de eletricidade será sempre direcionado para o caminho de menor resistência. Aterrando seu sistema elétrico, você está dando a ele um lugar para ir que não seja para você – possivelmente salvando sua vida. 

 

Evita danos, lesões e morte

 

 Como está o sistema de aterramento elétrico da sua residência-

 

Artigos relacionados: 

>> Laudo de SPDA ou Para Raio: Não deixe de Ler Isso!

>> Como funciona o para raio?

>> Quais são os tipos de aterramento

>> O que acontece quando um raio atinge a casa?

>> Quais são os tipos de para raio?

  ENG. ROBERTO WAGNERengenheiro elétrico roberto Wagner

 

 

 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.