Imóvel é um bom investimento?

 

Outra questão é observar o comportamento do mercado em relação à área que se pretende investir.

O mercado imobiliário tem passado por várias oscilações ultimamente, mas segundo especialistas, ainda é um setor confiável por quem opta por mais estabilidade em seus investimentos.

Mas antes de enveredar-se por este caminho é bom estar atento às vantagens e desvantagens desse setor.

Seguem-se algumas vantagens do investimento em imóveis

 

Investimento em imóveis ainda é seguro

O imóvel é um bem físico, palpável, visível e durável. Não corre o risco de sofrer alterações ou congelamentos como outros tipos de investimentos. É unânime que o setor de imóveis é o mais sólido entre os demais. Em tempos de crise o setor imobiliário se torna um porto seguro.

 

Investir em imóvel é um meio rentável

Um imóvel bem localizado é fonte de renda segura e vitalícia. A moradia é uma necessidade de todos, e para aqueles que ainda não conquistaram a casa própria, resta à opção de alugar. Dessa forma, quem aplica nesse setor sempre contará dessas duas opções.

 

Patrimônio é um investimento estável

Além ser um meio de meio de investimento regular, é também uma aplicação que gera renda passiva. Pode-se entender como renda passiva aquele investimento em que não é preciso dispor de um tempo significativo para se ganhar dinheiro com ele.

 

Adquirir imóveis gera oportunidades 

O setor imobiliário pode oferecer muitas ocasiões de diversificação de seus investimentos. Dependendo das oscilações do mercado o investidor pode optar por uma maneira mais favorável de lucrar com seus imóveis.

Alguns fatores de risco enfrentado por quem investe em imóveis

 

Baixa liquidez no mercado

Esta é uma desvantagem do investidor de imóveis. Quando se quer vender uma casa ou apartamento é preciso esperar algum tempo para ver esse bem transformado em dinheiro vivo. É que resgatar o dinheiro de um imóvel leva mais tempo do que em outros investimentos.

 

Problemas com a locação do imóvel

Este é outro fator que pode gerar transtornos ao investidor. Deve-se deixar claros as condições e direitos do inquilino, bem gerenciar a sua estadia no imóvel. Os problemas com inadimplência são um risco real. Além disso, pode acontecer, dependendo da situação econômica, do imóvel passar muito tempo sem gerar renda.

 

Gerenciar reformas e tributos

É inevitável o pagamento de impostos e outros tributos. Além disso, a manutenção do imóvel também é de responsabilidade do proprietário e deve entrar nos custos do investimento.

Dessa forma, investir num imóvel deve ser algo planejado com muita cautela e considerando sempre fatores externos. A valorização de um patrimônio material não está somente na sua estrutura, mas também na sua localização e na dinâmica do mercado imobiliário naquele momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.