Este artigo sobre Inspeção em Vaso de Pressão fornece informações sobre a inspeção e testes do vaso de pressão em sua fabricação e futuras inspeções.

 

Iremos abordar os seguintes temas:

 

inspecoes nr 13

 

Definição de Vaso de Pressão

 

Inspeção em Vaso de Pressão

Com base no Código ASME Seção VIII, vasos de pressão são recipientes para a contenção da pressão, internos ou externos.

Esta pressão pode ser obtido a partir de uma fonte externa, ou pela aplicação de calor a partir de um fonte direta ou indireta, ou qualquer combinação dos mesmos.

 

Pré requisitos de inspeção em vaso de pressão na sua construção

fabricacao-de-vaso-de-pressao

 

Inspeção e teste de vasos de pressão, é um processo extremamente detalhado. É composto por uma ampla lista de atividades e testes. Ela também inclui as normas que têm de ser respeitadas durante o processo de concepção e construção do vaso de pressão. Esses incluem:

A ASME sobre Caldeira e recipientes sob pressão: Seção VIII do ASME BPVC elabora sobre o código de construção de vasos de pressão, que também inclui a inspeção e testes de vaso de pressão. Seção VIII é dividido em três grupos básicos – códigos de construção, os códigos de referência, e os códigos de serviço. O grupo de códigos de referência refere-se a orientações fornecidas no BPVC seções V e IX para ensaios não destrutivos. O grupo de códigos em serviço lida com a inspeção do vaso de pressão, uma vez que ele foi colocado em serviço.

SEÇÃO VIII – Vasos de pressão:
Divisão 1 – Fornece requisitos aplicáveis ao projeto, fabricação, inspeção, teste e certificação
De recipientes sob pressão que operam a pressões internas ou externas superiores a 15 psig.
Divisão 2 – Regras alternativas, fornece requisitos para a concepção, fabricação, inspecção, ensaio e Certificação de recipientes sob pressão que operam a pressões internas ou externas superiores a 15 psig.
Divisão 3 – Regras alternativas para a construção de vasos de alta pressão, estabelece requisitos aplicáveis para a concepção, fabricação, inspecção, ensaio e certificação de recipientes sob pressão que operam em pressões internas ou externas geralmente acima de 10.000 psi.

 

Materiais de construção do vaso de pressão

 

Este aspecto discute os materiais específicos que podem ser utilizados para criar as placas para a construção de recipiente de pressão. Os materiais são escolhidos, referindo-se a lista de materiais da ASME fornecido na BPVC. O material também é examinado pela sua composição química, peso, espessura, largura, comprimento, e as propriedades mecânicas.

 

A inspeção visual

 

Todas as partes, materiais, juntas acabadas dos recipientes devem ser examinadas visualmente pelo fabricante.
Esse exame deve ocorrer antes do o teste de pressão final.
O Fabricante deverá preparar e qualificar um procedimento que atenda aos requisitos da Seção V,Artigo 9º (Exame visual).
O fabricante deve designar pessoas qualificadas para o exame visual.
Todos os bocais soldados devem ser examinados para verificar que a solda circulou ao longo de todo o perímetro e que a penetração total através da profundidade da junta tenha sido alcançada.

 

Testes de impacto

São realizados quando o processo de projeto do vaso de pressão foi concluído e o processo de construção ainda está para começar.Os ensaios de impacto são concebidos para assegurar que o material escolhido será capaz de manter a sua força a temperaturas variadas.

 

Teste Hidrostático

Os recipientes sob pressão concluídos devem ser submetidos a um teste hidrostáticos. e a pressão de ensaio não deve ser inferior a 1,5 vezes a pressão de trabalho.(1,75 para vasos de pressão de serviço letal).

A inspeção de vazamentos de todas as juntas e ligações deve ser feita a uma pressão não inferior à pressão de projeto.

 

Inspeção de Dimensão

 

Isto é feito para testar todos os requisitos de tolerância de fabricação que podem não ser mencionadas na Secção VIII do BPVC.

Testes de radiografia são realizados em vasos de pressão quando qualquer um dos seguintes incidentes ocorrem.

Todos esses testes e processos são para garantir que o vaso de pressão é construído para atender aos padrões globais.

 

Normas de Aceitação e Documentação da Inspeção em Vaso de Pressão

 

A superfície deve estar livre de qualquer laminação visível,
ou rachaduras.
Para tubos, os arranhões não devem exceder 1/32 pol. (0,8 mm) em profundidade. Para todos os outros materiais, não exceder 1/8 pol. (3 mm).
As descontinuidades inaceitáveis podem ser reparadas
Eliminando a descontinuidade na sua totalidade, e o material reparado de acordo com um procedimento de reparação escrito e qualificado pelo fabricante com a Inspetor Autorizado. A reparação não deve resultar em bordas afiadas, nem na espessura acabada inferior a espessura mínima de projeto. As fissuras e vazios não
ser reparados apenas adicionando solda.

 

Aprendeu sobre inspeção em vaso de pressão? Precisa regularizar seus vasos de pressão ou caldeira em Belo Horizonte ou Minas Gerais?

Entre em contato com a RW Engenharia!

* visita sem custo para a região metropolitana de BH

 

inspecoes-em-vasos-de-pressao-e-caldeira

 

felipe-autor

7 respostas

  1. Olá,

    Felipe,

    por gentileza você pode comentar o item abaixo presente na NR-13? Confesso que tenho muitas dúvidas sobre este item:

    13.5.4.4 Os vasos de pressão categorias IV ou V de fabricação em série, certificados pelo Instituto Nacional de
    Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, que possuam válvula de segurança calibrada de fábrica ficam
    dispensados da inspeção inicial e da documentação referida no item 13.5.1.6, alínea “c), desde que instalados de acordo
    com as recomendações do fabricante.

    Desde já, obrigada!

    Sds,

    Jéssica

    1. Todo vaso deve ser feito uma inspeçao no local da instalaçao, caso esse vaso tenha as valvulas calibradas e certificadas pelo fabricante nao e necessario essa primeira inspeçao

  2. Complementando colega @admin, “Todo vaso deve ser feito uma inspeçao no local da instalaçao, caso esse vaso tenha as valvulas calibradas e certificadas pelo fabricante nao e necessario essa primeira inspeçao”
    Desde que instalados de acordo com as recomendações do fabricante.
    Um ponto fundamental lincado com o comprimento ou não da alínea c.

  3. Boa noite!
    Quais os principais riscos para o colaborador que trabalha próximo a vasos de pressão que contem ar comprimido?

  4. eu vou ter q fazer uma inspeçao extraordinaria em um vso de pressao, mas a inspeçao iterna do mesmo vence
    en 2022 sera preciso fazer ainspeçao interna no vecimento
    att landim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.