Nova NR 13: Ela passou por uma revisão, essa Norma Regulamentadora  trata de vasos de pressão e caldeira. A NR 13 foi instituída pelo Ministério do Trabalho em junho de 1978 e, como trata de equipamentos que naturalmente sofrem transformações, precisa ser adaptada para acompanhar a evolução tecnológica.

Assim, a NR 13 sofreu uma primeira revisão em maio de 1984, passando por outra em dezembro de 1994 e, finalmente, a terceira em junho de 2008, antes dessa última, em maio de 2014. As alterações ocorridas servem para atender novas exigências, novos equipamentos e também para manter o nível de segurança quando se trabalha com vasos de pressão e caldeiras.

Publicada no Diário Oficial da União em 2 de maio de 2014, a nova revisão altera alguns itens e inclui outros importantes quando se lida com vasos de pressão e caldeiras.

Vamos ver o que mudou na NR 13 nesta última revisão:

 

Tubulações na nova NR 13

 

nova nr 13

 

 chame a RW Engenharia

 

Vasos de pressão na nova NR 13

 

Vaso de pressão
Vaso de pressão na nova NR 13

 

 

 

 

 

 

 

Caldeiras na nova NR 13

 

Caldeira na nova NR 13
Caldeira na nova NR 13

 

 

 

 

 

 

O que motivou as mudanças na NR 13

 

O que motivou as mudanças na NR 13 foram, principalmente, o excesso de burocracia apresentado para as inspeções, havendo pressão por parte dos empresários para facilitar a sua manutenção e também dos trabalhadores.

O motivo mais importante, no entanto foi adequar a norma em virtude do número de acidentes ocorridos nos anos anteriores. Entre 2003 e 2012 foram constatados pelo menos 70 acidentes relacionados a caldeiras e vasos de pressão, além de tubulações, com uma média de 7 acidentes a cada ano.

Apenas com relação às caldeiras, foram 22 acidentes com 20 mortes e 51 feridos, um número bastante considerável, uma vez que se pode contar praticamente uma morte por acidente. Com vasos de pressão aconteceram 14 acidentes, com 34 mortes e 45 feridos, uma taxa de mortalidade muito maior do que com caldeiras.

Finalmente, com as tubulações, acontecem 21 acidentes com 17 mortes e 83 feridos, dados que obrigaram a incluir também as tubulações na nova NR 13.

Aproveite para conhecer nosso novo post  sobre Ispeção em Vaso de Pressão:

artigo

 

chame a RW Engenharia

ENG. FELIPE WAGNER

felipe-autor

 

 

3 respostas

  1. Olá! Tenho uma dúvida em relação a inspeção de vasos de pressão. Conheço pessoas que compraram compressores novos para postos de combustíveis e dizem não precisar fazer inspeção durante 5 anos, pois o compressor vem com essa garantia. Esse fato é verídico? Está de acordo com a NR13? Abs!

    1. Para complementar o que disse na NR 13 : 13.5.4.2A inspeção de segurança inicial deve ser feita em vasos de pressão novos, antes de sua entrada em funcionamento, NO LOCAL DEFENITIVO DE INSTALAÇÃO, devendo compreender exames externo e interno.

  2. Carlos boa tarde,

    Todo vaso de pressão deve ser feito uma inspeção no local de sua instalação antes de sua primeira utilização.

    Atenciosamente,

    Eng. Felipe Wagner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.